16.2.10

é bonita!


Fez brotar alegria num canto qualquer da sala. Fez festa bonita com seus discos antigos, entre eles Mutantes, Bethânia e Hendrix. Fez do sofá o palco e cantou pra tirar sorriso da Mariana, o que demorou um tanto, porque a pequena acabara de se ferir, caindo da bicicleta - já está andando sem rodinhas, para alegria de todos. Mais tarde, distribui sorrisos a toda vizinhança, compartilhou sonhos com a menina da esquina. Fez uma máscara da mulher maravilha com um papelão que achou na calçada (até que ficou bem ajeitada, mesmo não possuindo grandes habilidades com as mãos). Fez batuque com a tampa da panela e pintou a cara de batom. Mais tarde, pescou boas lembranças enquanto preparava o jantar. Chegou-se até ela uma música que a avó materna costumava cantar quando menina: 'Vou pedir Nossa Senhora pra tomar conta de mim'. Bons tempos são aqueles que vivem se repetindo dentro da gente. Pois é, tempo bom e que não morre nunca. Depois sorriu ao ver que o pai ainda se entretinha com o Chaves. Glorificou o santíssimo por saber a família ali, sempre por perto. Mariana brincando no tapete da sala, a mãe fazendo crochê. E as mãos amigas, sempre estendidas na hora certa, mesmo que de longe. Pensou nas possibilidades que tinha pela frente. Pensou nos sins e seus sabores. E achou que sua vida, assim olhando, parecia até samba bonito composto pelas mãos de Cartola.
.

2 comentários:

Costureira de estrelas. disse...

A vida é samba dos mais bonitos, dona moça =)
Beijos :*

Pipa. A que sonha. disse...

Faz festa bonita e nem me convida?


rs



Um beijo