18.4.10

Das certezas

Tem dias que a gente se sente como se fosse metade, faltando a outra parte sem saber onde foi que perdeu. A dor se instala num cantinho apertado do coração e lá pede sala e café. Momentos esses que trazem abismos pros pés. Cicatrizes que vêm de encontro com um futuro limpo. Pequenas amarguras embrulhadas em papel de seda. Canetas vermelhas que não saem do bolso. Só que já decidi que o amanhã sou eu que faço. Não me despedaço, nem viro farelo não. Porque se sobrou espaço no coração é pra amar melhor, decidir com sabedoria daqui pra frente quem é que vai entrar e quem tem que sair. E das levezas, meu amor, eu quero todas. Cansei de gente pesada que traz chumbo pra vida da gente. Cansei de cara amarrada, de sorriso forçado e amarelo. Eu quero saber é daquele brilho no olho, sorriso escancarado, aperto de mão. E isso, sim, cabem direitinho, aqui e ali ...
aonde quer que a gente vá.

.

12 comentários:

Noe* disse...

'E das levezas, meu amor, eu quero todas.'

Eu também :)

Um beijo =*

Inês disse...

Muito bonitas suas certezas precisanças. Bonitas sua palavras.
Muito prazer: Inês.
Um beijo!

Mistério do Planeta disse...

que lindo.



me veio à cabeça a música do Chico.
"Tem dias que a gente se sente
Como quem partiu ou morreu
A gente estancou de repente
Ou foi o mundo então que cresceu..."

Me disse...

espaço pra amar melhor...
é o que busco sempre!!!...
bjão menina!!!

Velhosantiago disse...

Com certeza vc ouviu minha conversa frente ao espelho há alguns anos... com certeza...

Olívia Yale disse...

e quando ela se instala ela fica dançando e rindo da sua cara, enquanto vc tenta, inutilmente, achar o q vai faze-la sair dali...

Pipa. A que sonhava. disse...

Um dia dou a volta.
Nem que seja por baixo!




Vc fica mais alta quando se enche de ternuras. Será que se eu fizer o mesmo consigo ficar do seu tamanho?



Um beijo.

Pensamento e Fumaça disse...

Olá, menina Serena!
Venho acompanhando seu blog e me encanto com cada texto que postas...Sua capacidade de retalhar os sentimentos e deixá-los tão sutís e belos é incrível!
Gostaria de poder conversar mais!!
Acredito muito em 'metades inteiras', seremos sempre assim...um agrupamento de luz e sombra, sempre!
um enorme beijo!
Mell

Ingrid disse...

"Cansei de gente pesada que traz chumbo pra vida da gente. "

Que post lindo! Me senti revigorada e estimulada depois de lê-lo, mesmo que o meu momento não seja o mesmo de quem o escreve. Lindo, lindo!

:*

Rachan disse...

Que belo texto...foi escrito com certeza com tintas do coração...como voce, por talves outros caminhos, também insisto em renascimentos...transmutar é deixar de ser lagarta e renascer borboleta...belo transmutar.
Rachan

* Mari Sottomaior disse...

Tem dias que a gente precisa de alguém né? :*

Edione Soares disse...

Adorei a busca da vida leve. acredito que só existe um caminho a seguir, o do bem. E nesse caminho a felicidade sempre se faz, em sutilezas e gentilezas. Parabéns pelo blog.