29.6.10

das constatações

Coisa mais sem jeito é esse meu coração, arriscando voos,
pousando sempre de cara no chão. Mas pra falar a verdade,
é desses arranhões e desequílibrios que me nasceram as coisas
mais bonitas.


*

14 comentários:

Winny Trindade disse...

Sim, os corações gostam de se aventurarem. E são nas aventuras que acontecem as melhores coisas.

Abraço meu.

Paulinha Leite disse...

Lindo!!! Isso é a pura verdade! Que texto intenso, amei!
Uma linda e iluminada semana pra vc! A falta de tempo me faz ficar um pouco ausente, mas sempre que posso, estou aqui prestigiando esse blog que tanto gosto de ler... é impossivel nao gostar! Beijos de sol! :)

Lu disse...

Muito bom, muito gostoso!!!
Navegando por aí, caí aqui e adorei!
Sou dessas que têm corações que arriscam voos e a poesia nas veias, nos poros, na pele, na saliva...
Beijos!!!

Dani disse...

lindo isso, é preciso arriscar, se jogar nessa dança da vida...
beijos

Santiago Naliato Garcia disse...

Veja só! Tapetes novos na sala de estar! Adorei, vim pisá-los!

Coração é assim, ai se você soubesse do meu! Minhas quedas não arranham mais não, aliás, quando se tem um único voo todos os dias você perde o medo do desequilibrio. Não sei se é ruim ou bom. Nem faço questã. Deixar ser como será!

Agora, essa bonitesa toda ai, cai cai, estrelinha, lá em casa para contar! Prometo brioches.

Grasi disse...

Danado coraçãozinho, hein?! Sempre com o 'bico' no chão :(
O meu tb vive assim... se machucando todo!!!
Bjão

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Então borandá

O vento está soprando hermana
Deixa voar.


Beijos

Priscila Rôde disse...

Jeito mais bonito de aprender..

Priscila Mondschein disse...

Essa é a nossa vida: a gente cai, levanta, e, quando percebe, tem alguém segurando uma flor, bem na nossa frente!
Lindo blog, moça!
Um beijo!

Jessika disse...

comigo também acontece o mesmo... apesar do meu medo de sair assim arriscando...

Grasi disse...

Querida...
passadinha super rápida p/ te desejar uma noite de terça super iluminada :)
Bjão lindona.

Janete Andrade disse...

é desses arranhões que sempre florescem as mais pomposas flores! *--*

=*

jaime disse...

Tu estás em mim como eu estive no berço
como a árvore sob a sua crosta
como o navio no fundo do mar

Mário Cesariny

OutrosEncantos disse...

Serena Estrela....

Também já fui menina assim, feito tu...
Chegou uma lágrima no meu olho quando entrei aqui e me encontrei como quem olha num espelho...
Cheguei cá através de Erikah, outra Estrela...
Me deixa ficar por aqui te lendo... me revendo....?!

Te abraçoooo!......