25.12.09

pra ela


de vez em quando
vem um vento bobo
e sopra: é preciso acreditar.
é preciso ter uma paciência revolucionária.
é preciso ter uma fé inquebrantável.
é preciso ter fantástica felicidade.



CHACAL, drops de abril.

.

.

.

7 comentários:

Be Lins disse...

Com votos de Feliz Natal e saudações à seu novo espaço de luz, um pouco mais de estrelas de Clarice:

"E eu que esperava fogos de artifício, esqueci que as estrelas não fazem barulho".

Pipa. A que sonha. disse...

Ela voltou.
Ela voltou.



Então minhas preces alcançaram o céu!!!


Ela tem um olho mágico, que pega minha dor com a mão e passa mel pra fechar o machucado. E para as minhas histórias, é só ela que dá o final feliz.


Um beijo.
Quanta espera meu Deus.
Melhor presente eu não poderia ter ganhado.


Outro beijo.


E mais um.


E um abraço também.

Bem forte. E demorado.


Amo-te.

Cris Ravazolli disse...

Ufa! pensei que ela ia abandonar a gente.

Costureira de estrelas. disse...

Voltou!!!!
:)
Feliz por ter vc de volta ;)
Besitos ;****

Raiana Reis disse...

O blogspot tava sem acesso por aqui, qdo pude voltar que doce presente ter vc abrilhantando por aqui!! Mesmo quando não aparecia sei que todas as sementes que vc conquistou te trazia por dentro. Que bom 'ter vc por perto' menina!
Beijo grandão no coração!

Marcelo disse...

é preciso ter imprecisão

Raiana Reis disse...

Oi linda menina dos sonhos e cores abundantes, esse foi um ano com gostinho de início e venho através das nossas rotas virtuais cruzadas agradecer sua visita, desejando mais encontros entre as leituras e trocas de pensamentos. Esses momentos por vezes nos colorem os dias e inspiram direções.
Que a renovação seja por dentro maior que no calendário.
Beijos desde a lua.
Raiana Reis
Rayos de Luna
Tocou