29.8.10

Pra quem continua tentando

'Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da
terra que somos, frutos que sejam agradáveis aos olhos!'

[Pe. Fábio de Melo]



Hoje as dores são demais para nós, sonhadores, que tivemos nossos sonhos amputados. Sonhos encardidos com a força do tempo. Tento olhar para trás e me imaginar criança com os olhos de agora. Tanta inocência, tanto afeto que abraçava com as duas mãos. Agora, um baú de esgotamento, que luta todo santo dia pra manter a chama acesa, bem dentro, bem forte.
Às vezes, um punhado de horas por dia, me bate no peito a voz da desistência, que me ameaça com a cara mais pálida que há no mundo, me dizendo coisas absurdas, mas que me são tão mais fáceis e acessíveis. - Desista - ela diz. Às vezes eu retruco, brigo com ela. Outras tantas, sou eu quem chora baixinho.
Nó no peito, sorriso apertado, o tempo passando feito um monte de areia escorrendo na palma da mão e, você estancado, em cima do muro, com medo de dar o passo. Aí se olha pra trás e vê o quanto a caminhada foi longa e as dores maiores ainda. A voz da desilusão insiste em atravancar o caminho. Estende um copo de dúvidas nas nossa frente.
Mas como nesse terreno da vida o que vale é o que a gente planta nele, do nada, surge uma penca de girassóis e aponta um céu. Um céu de escolhas felizes e tão mais claras. Esses girassóis costumam chegar quando você menos espera. Mas você sabe o momento em que eles chegam pelo cheiro de carinho no ar. Cheiro de abraço de amigo, colo de mãe. Cheiro de bolo saindo do forno e passeio de domingo no parque.
É nessas horas que você percebe que Deus não desiste nunca. E que ele sempre prepara surpresas risonhas pros nossos caminhos. Mas pra você recebê-las terá de ter um coração aberto e tranquilo. Por isso, quando chegar a hora de dormir, não esqueça de acender a vela da fé, aquela que mora no coração e que acende a alma. A única vela que nos mostra o rumo.

“Sobre todos aqueles que ainda continuam tentando,
Deus, derrama teu sol mais luminoso”

[Caio F]


*

13 comentários:

Juci Barros disse...

Seu blog é lindo! Sigo-te!
http://compromissocomoacaso.blogspot.com/

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Hermana minha fia.


Agora já era, ocê viu a dança das três pererecas?

Então três pulinho pra frente, três pulinho pra trás, agacha e levanta, quem pular mais alto vai arranjar um namorado!


Então perna pra que tem hermana

Bora dançar que as mulecas são dengosas!



Um cheiro

Paulinha Leite disse...

Teus textos sao te uma pureza e docura sem tamanho...
Gosto tanto de vir aqui...
Perdoa a ausencia. Mas sempre que tenho um tempinho venho acarinhar meus potinhos de acucar.
Um final de semana lindo e pleno de paz e sorrisos
Sopros de alegrias pra ti! :)

Karla Thayse disse...

Eu sempre me encanto por aqui...
Amo esse chao!
Tenha uma linda semana Flor!
Beijo grande

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Felicidade aqui pode passar e ouvir e se ela for de samba há de querer ficar...

O Chico fez procê


Te benzo
Te curo.

Anônimo disse...

http://p-s-quesejadoce.blogspot.com/
Esse blog é seu?
De quem é esse texto tão doce?

kellymendes' disse...

lindo teu blog, *-*
te seguindo tá? passa lá no meu depois beeeijos linda!

ErikaH Azzevedo disse...

Qdo o terreno é adubado com fé, as boas sementes sempre dão bons frutos, e é assim que a menina é....semeadura constante a espera dos tempos de colheita.

Bjinho a ti serena,

Erikah

Carol Castelano disse...

deixei um rascunho no traço (:
amo o blog ;*

Projeto Reticere disse...

"... sem Deus, as coisas perdem o peso de ser, como a vento sem o perfume das flores..."

Belíssimo blog... adorei.

Gleuber Militani
Projeto Reticere

Maria Fernanda Probst disse...

A minha vela continua queimando mansa...

Beijo moça

Júh Albuquerque disse...

Oi Cris!
Andei ausente por um longo tempo, mas to de volta. E ja me encantando com o seu Chão. Acho que esse textos foi um dos mais lindos que ja fez.
Aparece lá no Devaneios..
Um beijo!

Rafaelle Melo. disse...

Li e gostei taaanto!

Minha chama até dançou dentro do peito!

*-*

Bjo doce, Flor!