18.5.10

sobre os encantos

E, esta manhã, bateu-lhe uma saudade arrebatadora do mágico que tocara sua alma. O mágico que contava-lhe histórias, enquanto passeava com as mãos pelos caminhos trincados do seu peito. O mágico era mágico coisíssima nenhuma. Mas pra ela era necessário inventar um mundo encantado a cada dia. Um dia ele era mágico, noutro, o sapo que vira príncipe. Ela é que não mudava, era sempre a trapezista. Fazendo força danada pra se manter equilibrada além dos dias. Se manter em pé, enquanto o mundo todo desaba. Enquanto o choro é forte e as águas ainda paradas. Estagnadas. Sem sinal de partida.
Então ela imagina o mundo como um circo: Tem bailarina? tem sim, senhor. Tem palhaço? Tem sim, senhor. Tem o domador de feras? Tem sim, senhor. Só o mágico que escapuliu pela janela. Só que, logo mais, ele volta. Traz uma pomba branca pra aquietar-lhe o peito. Traz um chá de sossego, daqueles que a moça toma e sai soltando suspiros. Porque a faz sonhar. Sonhar com o mágico que era mágico coisíssima nenhuma. Mas que ela prefiria acreditar que sim. E acreditava que um dia ia embora com o circo pra viver de sorrisos. E o que ela quer, ela consegue. Até fez jasmineiro brotar na sua porta. Fez caminhos suaves com tapete de tafetá. E fez também o coração desse mágico se encantar pelos encantos dela. E não é que ele sempre volta? O mágico que era mágico coisíssima nenhuma.

'Soube que o mágico tem uma casa na árvore,
e que os frutos dessa árvore são encantados.'


- Be Lins* -

PS: E quem comer desse fruto,

sonhará para sempre.

11 comentários:

Winny Trindade disse...

Todos que já tiveram um mágico em suas vidas, sabem o quanto a saudade é apertada e com gosto de água do mar, e sabe-se também que toda a magia que uma dia se viveu ficará guardada naquela caixinha que cabe muita coisa, aquela que se chama coração.

Abraço meu

Pipa. A que ama. disse...

Oi Prima


Mai, minha Nossa Senhora do Cerrado - Ocê viu a friagi, prima? Diacho de sol besta que num quenta a gente uai.


Ocê me arranja uns cem quilo desse fruto aí. Que a Pipa quer ficar encantada. Sozinha ela num tá dando conta, coitada, anda sem gosto pra expandir. Bem que o Monstro de Chocolate havia de ser razoável e ter podido ao menos falar prela que ela é o amor dele. Vindo buscar ela no sábado. Veio não.


Ela não esperava aquilo. Não esperava prima

Diacho de bicho ingrato sô.


E amanhã tem chuva, oc tá vendo o tempo fechar?

Leni disse...

ah que lindo :D tudo que queremos, nos conseguimos, basta vontade e persistência! Essa menina do coraçao puro e lindo, terá tudo de melhor, se assim o quiser. E que o jasmineiro nunca venha a murchar :D assim como os amores, e que o palhaço, este sempre volte a retornar!
beijos querida, te sigo

Nati disse...

preciso muito do endereço !?!
se me dá!?!
Um beijo !!

Pensamento e Fumaça disse...

Oi moça...

Estou encantada com a mágica das suas palavras...acho que já comi o fruto, já bebi do teu reino aqui, queria um pouco desse teu encanto todo!!

Apareça lá no Pensamento....

Um carinho enorme!
Mell

ErikaH Azzevedo disse...

Os magicos dessa nossa vida são os nosos proprios sonhos, são eles que nos levam pro lado de lá da magia...o problema é que dentro dos sonhos cbem tanta coisa né! Cidades,coisas , pessoas, amores!

Deixa voar a trapezista então..."uma rede de asas ampara a nossa(tua) queda"

Bjos querida.

Erikah

Juliana Sfair disse...

Hermana
só vc pra escrever essas coisas tão mágicas mesmo.
Vou tomar chá de pêssego...

te beijo.
com carinho

Ju Sfair
Ribeirao Preto/SP

Ziris disse...

As vezes sonho que sou uma equilibrista, mas que não é equilibrada coisíssima nenhuma!

Comi da fruta tá? Que é pra ver se acredito de uma vez por todas!

Lindíssimo texto!

Grande bj

http://aquesonha.blogspot.com disse...

adorei o blog *-*
te seeguiindo õ/
"e decedi ir com o circo pra viver de sorrisos" HAHAHA
um grande beijo :*

http://aquesonha.blogspot.com/ disse...

adorei o blog *-*
te seeguiindo õ/
"e decedi ir com o circo pra viver de sorrisos" HAHAHA
um grande beijo :*

Anônimo disse...

adorei o blog *-*
te seeguiindo õ/
"e decedi ir com o circo pra viver de sorrisos" HAHAHA
um grande beijo :*